English version

Poemário

Na próxima vez que o amor bater à tua porta, não hesites,
Corre, corre desesperadamente pela escadaria abaixo,
Abre a porta, deixa-o entrar de braços abertos
E com toda a força aperta-o contra o peito.

O viajante eterno do tempo.


A Três Vozes, in Linhas de Pensamento © 2015



Desenvolvido por Bizview - Sistemas e Comunicação